Como suspira a corça pelas correntes das águas, assim, por ti, ó Deus, suspira a minha alma. Salmos 42:1

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Quem é você?

image

Ei você, quem é você?

Sabe, você mora comigo há tanto tempo, mas eu não sei quem é você

Você anda comigo de mãos dadas, mas quem é você?

Você divide a cama todas as noites comigo, mas quem é você?

Você é a mãe dos meus filhos, mas,

por favor, me diga quem de fato é você?

Você sustenta a casa, mas eu nem sequer conheço você

Amnésia? Não! Desculpe-me a franqueza

Mas a prioridade não é você

Como posso amar você?

Como posso valorizar você?

Como posso confiar em você?

Se para mim você não passa de um mero “você”

Sabe, acho que seria bom conhecer você!

Às vezes fico curioso: Como será que é você?

Infelizmente nunca poderei saber

Pois não tenho tempo para dedicar a você

Tenho muitos amigos, trabalho e lazer

E ainda me vem como esta de tempo para você?

Mande-me um email, um fax ou até mesmo um telegrama

Qualquer coisa que rapidamente identifique você

Você, Você, Você; a verdade é que já desisti de você

Entreguei ao tempo a responsabilidade de me dizer quem é você

Mas que tempo eu vou ter?

Eu não posso perder tempo com você!

Afinal, o meu lema é: tudo, menos você!

Às vezes fico a tentar entender:

Até quando para mim, terá tempo você?

Vamos dar “tempo ao tempo” para isto resolver

Ou simplesmente dizer: Isto só o tempo vai saber

Do que você mais gosta? Nunca tive tempo para perceber

Qual a sua cor preferida? Nunca tive tempo para ver

Qual o seu versículo predileto? Nunca tive tempo para conhecer

Qual o seu maior sonho? Desista! Nunca terei tempo para realizar com você

Antes de terminar esta declaração

Tenho ainda uma última pergunta para fazer

Tanto tempo perto de você

E não foi suficiente nem ao menos para saber:

Ei, como se chama você?

Fiz esta poesia para um encontro de casais que falei sobre os benefícios de investir tempo no conjuge.

Nenhum comentário:

Postar um comentário